terça-feira, 24 de maio de 2011

Tempo

Meu tempo é limitado...
o de todo mundo que eu conheço também é.
Vivemos em um mundo complicado,onde o amor é moeda barata.
Usamos as pessoas como se elas fosse coisas que compramos em qualquer feira.
Me pergunto se ainda existe alguém capaz de amar incondicionalmente ,assim como eu sou.

Ahhh...o tempo...curto e voráz....

Quem não tem medo do tempo?
Tão impiedoso e tão certeiro...

Ele nunca tarda a chegar,sempre pontual.Quando menos se dá importancia mais ele se farta.E quando não estamos olhando ele está a nos mirar e sem errar,atira contra os nossos sonhos fazendo-os cair como castelos feitos de areia...
Correr não adianta,evitá-lo é impossível.
Os meus passos apressados e minhas idéias infaliveis não vão me manter segura diante disso.
Basta se acostumar e fazer do tempo um amigo...

Não diga que não tem tempo de nada...isso é uma mentira!
Todos tempos tempo de ir;
tempos de errar;
tempos de plantar;
tempos de colher;
tempos de voltar....

Todo mundo tem tempo...e o tempo tem tempo pra todo mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário