segunda-feira, 30 de maio de 2011

Vaidade



“A vaidade (chamada também de orgulho ou soberba) é o desejo de atrair a admiração das outras pessoas. Uma pessoa vaidosa cria uma imagem pessoal para transmitir aos outros, com o objetivo de ser admirada. Mostra com extravagância seus pontos positivos e esconde seus pontos negativos.”


Ah a vaidade...
Quando pensamos em vaidade logo nos vem a cabeça o ato de ser cuidadoso com a aparencia e com o corpo.Na verdade vai muito além disso...a vaidade humana vai além do nosso entendimento.


O vaidoso é extremamente arrogante e tranforma a sua vida numa realidade inventada,não poupando elogios a sí próprio e menosprezando os que julga possuir intelecto inferior ao seu.

Faz de sua vida uma redoma de vidro baseada em suas próprias idéias e leis. Não aceitam as suas falhas,culpam a falta de sorte e acham que não merecem nenhum papel se não for o de destaque.

Ele cria um personagem e desempenha esse papel, muitas vezes sem perceber. Ele é  muitas vezes bem diferente daquilo que aparenta ser.
No íntimo,vive em conflito consigo mesmo,é inseguro e tem uma falsa idéia de felicidade baseada em suas próprias.
São seres infelizes por não saberem lidar com o mundo lá fora por mais que digam que se amam e que são felizes.

Sempre digo que se você quer conquistar ou destruir alguém o principal caminho é a vaidade excessiva do sujeito.
Todos se perdem na própria vaidade.
É um fato que eu mesmo já comprovei.
Ela está dentro de nós inevitávelmente e cabe a nós dosar o quanto queremos e podemos ser e se estamos preparados pra aceitar o que  podemos ou não ser.O quanto é nocivo e o quanto é saudável toda essa vaidade.

Dizem que o peixe morre pela boca e eu digo que o ser humano morre pela vaidade.

Bom,é o que tem pra hoje!

Nenhum comentário:

Postar um comentário