sábado, 29 de outubro de 2011

A loucura e o medo.





Não sou louca...só exploro demais todas as minhas possibilidades.
Vivo as perspectivas de um outro mundo,um mundo que pode ser inventado e construído com ideias próprias e letras de músicas.
Amo esse meu mundo e garanto que não sou a única a pensar assim.

Não tenho pretensões,tenho ideias,e elas por vezes me parecem revolucionárias...como uma revolução interior que me impulsiona a querer mais...
Mas,saber o que se quer nesse mundo enorme é uma tarefa um pouco árdua demais...

Dos meus medos eu já não falo mais,tenho medo deles se tornarem realidade...

Tenho medo do vazio e por isso não me entrego a ele...
De todas as noites mal dormidas tiro sempre alguma vantagem,qualquer coisa vira poesia,qualquer dor vira música,toda queda vira aprendizado.
Vivo de esquecer e de me lembrar,todos os dias.
Bloqueio sentimentos sem juízo,não me entrego ao canto da sereia.
Tenho medo de ter medo , e esse medo faz de mim um alguém corajoso,porque não existe coragem se não existe medo.
Isso tudo vira uma vontade de alguma coisa,que por mim,ainda não fala.
É quase como ter fé.Você não sabe se existe,e mesmo assim acredita e continua...

Eu não sou louca,apenas quero viver sem ter medo de não ter coragem!

Um comentário:

  1. como diz aquela musica do racionais (a vida é desafio): "é isso ai vc não pode parar, esperar o tempo ruim vir te abraçar, acreditar que sonhar sempre é preciso, é o que mantêm os irmãos vivos..."

    ResponderExcluir