sábado, 29 de outubro de 2011

Palavras e letras



Ás vezes sinto uma inveja de quem escreve bem...de quem consegue transformar tudo em poesias soltas,simples.

Ainda não sei bem o que eu faço,levo como um desabafo da alma....
Ler o que eu escrevo como contos, cronicas, desabafo ,o que seja...o bom das palavras é que cada um vê aquilo que quer ver,cada um interpreta da maneira que deseja.

Sei que posso fazer o que eu quiser com as palavras,elas são vivas,tomam formas,tem voz própria.
É uma sopa de letrinhas,que satisfaz alguns e a outros deixa com mais fome...a fome de aprender,de querer,de ser capaz de ousar.

Quero me livrar de tudo aquilo que me deixa entediada.Quero me livrar até dessa inveja sadia de querer saber escrever como os grandes.
Aprender a transformar minha dor em alegria,pra que meu próximo se espelhe e saiba que tudo é passageiro.

Quero que seja um alento aos que procuram respostas.
Será muita pretensão querer ser?
Será?

Um comentário:

  1. não tenta se livrar de nada não ju, é como dizem: se a vida lhe der um limão faça uma caipirinha, tudo ajuda, se não positivamente pelo menos serve como experiência...

    ResponderExcluir