quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

CaRIOcas




Ahhh os cariocas...
Todos em qualquer parte do mundo querem ser cariocas...
Sol...
Praia...
Agua de coco...

Os cariocas são felizes em qualquer situação. 
De dia tem praia e a noite um barzinho. 
Aqui ninguem nunca fica um minuto sozinho

Tudo tem magia,
boteco com chopp gelado
salgadinhos pra acompanhar
os amigos coloridos pra variar.

Quem conhece um carioca não esquece nunca mais.




(Foto @raisafotografa)

Fraqueza



Voce me diz que sou fraca e eu escuto em silêncio...
no meu silêncio penso sozinha e não concordo.
não acho que seja fraca...não depois de tudo que passei.
não depois de tudo que lutei...

Não, eu não sou fraca.

Minha unica fraqueza foi amar alguem
tanto, que me esqueci do mundo.

voce não me conhece tanto assim...
não imagina a dor que eu senti
não imagina os caminho por onde eu andei.

voce não imagina o quanto quis te matar aqui dentro...
o quanto pedi aos deuses que voce sumisse
eu só não entedia que pra te matar em mim 
eu teria que morrer também.



segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Realidade distorcida





Quero fugir pra qualquer lugar bem longe onde eu possa ficar em paz...
um lugar onde eu possa me esquecer das minhas loucuras.

Quero fugir e me esconder de mim, fugir dos meus pensamentos...
um lugar onde eu não me lembre de todas as minhas falhas e decepçoes.

Quero fugir desse abismo enorme que se abriu no meu peito...
um lugar onde eu não sinta vontade de pular nele o tempo inteiro.

Quero fugir das coisas fúteis, pessoas vazias, lugares escuros...
um lugar onde eu não tenha medo de um simples espelho.


Não aguento mais essa realidade que me sufoca e me mata aos poucos.







domingo, 8 de janeiro de 2012

Livro nosso



Em cada pensamento

em todo movimento

em cada parágrafo

depois de cada virgula 

me encontrava com voce.

Capítulos intermináveis de sonhos sonhados
 
com edições ilimitadas...

O livro se fechou 

mas a história ainda não acabou.


Pedaços




Os traços da minha inconstância se revelam;
dia após dia....

Controlar sensações incontroláveis se torna cada vez mais complicado.

Andando sempre a passos largos...
olhar sem enxergar nada realmente.

Noites de insônia;
pesadelos que insistem em continuar;
a incansável batalha dos demônios da alma.

Os males que não vem pro bem...

Até quando?

O que eu sei é que a minha inconstância me define e me governa.


quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Escolhas




As escolhas já foram feitas....
mudei os móveis de lugar e eu já não estou no mesmo lugar.

Se você escolheu não estar;
não esteja.
Se você escolheu seguir por uma estrada diferente;
não volte.

Não estarei aqui do mesmo jeito...

Estarei por lá, mudada,com outro gosto,outro olhar...






quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Limpando a poeira



Hoje eu vou limpar tudo que está sujo, jogar fora o que está quebrado e o que não me serve mais...
Quem sabe eu saia na rua fazendo novos amigos...quem sabe!?
Vou limpar de mim a preocupação com o amanhã e apenas pensar no hoje, no agora.
Tenho mesmo é que esquecer o ontem...deixar pra lá..já foi...
Hoje eu vou ser diferente, vou sorrir um pouco mais, fazer diferente.
Experimentar qualquer tipo novo de aventura,alguma coisa que antes não despertava meu interesse...

Hoje eu vou sair comigo e vou aproveitar!


Posso ler um livro novo...
posso chorar com um filme de romance ou rir de uma comédia...
E daí?!
Posso me mudar de lugar...
posso ouvir outro tipo de música...ensaiar um passo diferente...
eu quero é me sentir em paz...ficar em paz.

Nada de perder tempo caçando alguma outra metade de laranja, limão ou o que seja...
Eu sou inteira e não metade!


O resto é história...