quinta-feira, 1 de março de 2012

Vírus do amor




Fui pega pelo vírus da curiosidade e as caracteristicas são
uma febre alta e intensa
de razão misteriosa, desconhecida.

Um calor que é um velho conhecido do meu corpo sedento
de um corpo sedento de uma fonte proibida.

Fico procurando uma cura
mas, quando ouço sua voz a minha febre aumenta.

O sono se vai e eu fico com dores no corpo de tanto que me viro na cama
Pelos meus dedos escorrem as palavras que eu não posso nunca dizer
e nos meus ouvidos, vozes , indistinstas, sussurradas, suspiradas, desejadas...

Fico rouca de tanto dizer dizer não e uma sensação de desmaio passa por mim
e eu caio por terra dizendo quase sem voz

“de novo não, fui pega pelo vírus do amor”

Um comentário: