segunda-feira, 18 de junho de 2012

Felicidade acompanhada





De mãos dadas com o horizonte
aberto, desconhecido, profundo...

Das belezas desconhecidas do cotidiano
escondidas, afastadas,inexploradas...

Presenteada com a sua companhia
esperada, sonhada, desejada...

A felicidade compartilhada...
pura, simples, sutil

Nossos pés seguindo juntos
descalços, sujos, livres...

Meus dedos trançados nos seus
presos, inquietos, seguros...

Beijos roubados do acaso...
molhado, encaixado, proibido...

Uma vontade que ficou em mim
incomodando,gritando, implorando







segunda-feira, 11 de junho de 2012

Segredos não ditos




Me conte um segredo
diz que eu ainda sou o que eu penso ser

me narre uma história
diz que a nossa teve sentido

me diga uma mentira
diz que me esqueceu

me fale sobre seu dia
diz que faço falta nele

me descreva uma alegria
diz que sente falta do meu cheiro

me escreva uma carta
diz que o meu desejo é o seu

me conceda uma verdade
diz que o seu coração ainda é meu





Sussurros



Seus sussurros

me arrepiam

perco o juízo

perco o chão

perco a voz 

e só desejo...

a sua boca na minha

o seu corpo no meu...

sem pensar em nada

só em você.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Guarda-dores




Finjo me esconder
mas não é seguro
devo seguir
ou enfrentar?

Tenho medo do escuro
medo de fechar os olhos
tudo ainda está lá
no mesmo lugar

O mesmo cheiro
a mesma intensidade
a maldita ansiedade
o que tem ali?

A fuga não me fortalece
o medo não me deixa fraca
desistir e trancar
talvez seja mais prudente

É humano querer 
errar também
uma noite sem sonhos
uma vida sem chorar.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Solitariedade




A minha solidão é só minha

minha companhia 
minha tristeza 
minha alegria

Estar cercado de gente
não é menos solitário
não satisfaz a minha ânsia
não excede nenhuma expectativa

Posso passar horas contigo
mas não estou ali
não exatamente
estou em outro lugar

Vivendo num mundo só meu
idealizado e povoado por mim
sonhos e fantasias
viagens intermináveis

Não preciso me explicar
nem dizer muito
minha eloquência 
vem do meu silêncio

Muitos dizem que entendem
outros dizem que é tortura
mas no fundo eu sei
que é a minha loucura...

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Reflexos







A vida através de espelhos...
a realidade tão real 
ao mesmo tempo tão irreal
reflexo surreal 
de uma vida sem molduras

A cidade sem som e sem movimento
onde as pessoas passam e não se vêem
onde eles gritam e não são ouvidos
uma cidade sem luz e sem cor...

Só é permitido olhar
não se pode tocar
eles não estão ali
eles estão lá
são apenas reflexos
através de um espelho




terça-feira, 5 de junho de 2012

Mensagem




Sonhei contigo esses dias...
uma saudade me tomou por inteira
mergulhei em nostalgia
nas cartas que não enviei....

A vontade de te pegar nos braços...
a vontade de ser sua 
a vontade de te devorar com beijos
ficou mais forte e quase não resisto.

Não resisti e te liguei...
mas o silêncio atendeu
a sua voz que eu tanto queria ouvir
não respondeu .

O único jeito é te escrever...
sei que se vê nessas linhas
sei que deseja ser essas linhas
e no fundo eu também.

Quero te ver...
passar um dia com você
ou quem sabe toda a noite
eu sei que também quer...