sábado, 28 de julho de 2012

O amor...




Cade o amor a essa hora?
por onde anda o amor?
quem é que o amor ama?

Qual é o gosto do amor?
pra quem o amor olha?
e o amor responde?

E o amor beija?
o amor gosta de ser beijado?
ele se sente bem amando?

O amor sente pressa?
será que o amor corre?
ele se impacienta com a ausência do amor?

O amor sabe esperar mesmo?
o que o amor faz enquanto espera?
será que ele bombeia sangue pro corpo?

Qual cheiro que o amor tem?
o que o amor sente falta do cheiro que o amor tem?
ele tem alguma razão quando ama?

Qual é a voz do amor?
será que o amor se comunica?
é mesmo através dos olhos que o amor fala?

O que o amor sente quando não é correspondido?
será que o amor fica triste?
e talvez o amor sinta mesmo dor?

O que o amor acha de não ser dado?
e pode mesmo ser dado assim sem olhar a quem?
como o amor se sente amando quem não se pode amar?

O amor é mesmo infinito?
ele pode amar até quando o amor?
e será que o amor é paciente?

O amor pode guardar o segredo?
ele pode amar o amor escondido?
será que o amor pode suportar ficar guardado?

O amor se contenta com pouco?
ou será que o amor quer todo o amor da vida?
adiantaria pedir pro amor esperar o amor?

E o amor sem o amor?
o amor sente ódio?
o ódio sente amor?











segunda-feira, 16 de julho de 2012

Quando chega a hora







Quando chega a hora e a vontade falta
fica tudo frio e vazio

Quando chega a hora de partir e o coração quer ficar
fica tudo tão incerto e nublado

Quando chega a hora de amar e a amamos sozinhos
fica tudo feio e cheio de saudade

Quando chega a hora de andar e estamos sem chão
fica tudo girando e a queda acontece

Quando chega a hora de tentar e o começo é longe
fica tudo meio complicado

Quando chega a hora de parar de insistir e já é tarde
fica tudo sem cor sem você

Quando chega a hora de chamar e gritamos
fica tudo suspenso e em silêncio

Eu te grito em silêncio e você não responde...

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Do que adianta



Do que adianta eu te dar asas
se você não consegue voar...

Do que adianta eu te oferecer o mundo
se você não consegue me acompanhar...

Do que adianta eu te amar tanto assim
se você não consegue retribuir...

Do que adianta eu te esperar
se você não sabe o que quer...

Do que adianta fechar os olhos
se você não quer me beijar...

Do que adianta eu tentar
se você não pode me dar...

Do que adianta eu ficar
se você não pode me amar...

Do que adianta eu te escrever
se você não consegue assumir...

Do que adianta seguir se eu não posso estar ai...

segunda-feira, 9 de julho de 2012

A minha razão



Escrevo tanto de amor
mas não tenho a capacidade de amar

São tantos versos
tantas paixões
devaneios aos montes
e não me permito ser amada

Não sei ser amada na verdade
não sei deixar isso acontecer

Quero tudo e quero muito
sou intensa,sou exagerada
ou eu amo muito
ou eu amo nada

Escrevo porque amo demais
e porque já perdí demais

O amor me deixou há tempos
o amor que eu amo
ama outro alguém
vivo aprendendo a perder diariamente

Vivo perdendo sonhos
perdendo a identidade

Me perco tentando me encontrar
escrevo tentando te encontrar
nessas linhas que eu faço
tudo aqui é perfeito

Me isolo de mim mesma
em doces palavras de amor

Enquanto escrevo, você faz parte de mim
e não pode fugir com palavras ao vento
enquanto escrevo,você é como a perfeição
mesmo sendo longe disso

Tento trazer pra mim o que foi perdido
tento voltar a amar,mesmo que seja passageiro

São pequenas orações
mas com desejos enormes
de fazer com que você volte
é impossível, eu sei.

O rio já correu por aqui
e se ele já passou , ele foi...

E é por isso que eu te amo nas minhas linhas
enquanto escrevo te mantenho em mim
bem nesse lugar especial
onde não te vejo chorar pelo outro

É por isso que eu escrevo
porque te amo demais
e porque não sei mais te deixar me amar


Não sinta





Não sinta culpa
isso me faz culpada

Não sinta dor
isso me deixa mais dolorida

Não sinta tristeza
isso me deixa triste

Não sinta solidão
isso me deixa sozinha

Não sinta remorso
isso me deixa magoada

Não sinta saudade
isso me deixa saudosa

Não sinta vontade
isso me deixa acesa

Não sinta nada
isso me deixa perdida

Olha aqui



Olha pra mim
me diz que eu sou sua
me dá um beijo demorado
diz que me quer também

Olha pra mim
me diz que sentiu minha falta
diz que me quer do seu lado
diz que não me esqueceu

Olha pra mim
me diz que quer que eu mude
diz que o pra sempre ainda é nosso
que ama o meu sorriso

Olha pra mim
me devolva a alegria
diz que me deseja
e que foi tudo um pesadelo

Olha pra mim
enquando eu durmo
e diz que quer fazer parte de mim
como eu faço parte de você

Olha pra mim
diz que quer secar minhas lágrimas
que quer ficar aqui
me diz que vamos recomeçar

Olha pra mim
fica em silêncio
deixe que seu olhar fale
ele não mente pra mim

Olha pra mim
diz que vai ficar
que não vai mais me abandonar
diz que vai me amar

Olha pra mim
deixa eu ser o que prometi
diz que nosso momento ainda é o hoje
e que o amanhã ainda é nosso






Pra onde ir?



Olho pra você e não entendo
me pergunto se não foi suficiente
todo amor que eu dediquei
toda a vida que sonhei

Te pergunto onde eu errei
me arraso por não poder ficar
me culpo por não ter sido
sem entender nada

Eu choro por dentro
quero gritar
fico em desespero
por onde eu começo?

Se não está comigo
por quê me chama?
por quê me ignora?
por quê me segura?

Não me chame
não diga que me quer
não me deixa ir
se quiser que eu fique

Eu quero dizer coisas
te contar do meu amor
das coisas que eu quero
e de como eu te quero

Contar pra que?
você desaprendeu a me amar
esqueceu de me querer
e não quer mais tentar

Não vou me desculpar por isso
meu amor é minha responsabilidade
confesso que é mais que isso
é uma irresponsabilidade

Tá na hora de colocar no bolso
o que já devia ter feito
seguir o seu exemplo
sem olhar pra nada









Cansaço




Já cansei de tentar
tenho que me contentar
 aqui não é o meu lugar
não é onde eu tenho que estar

Já cansei de chamar
e não vou mais gritar
que não quero amar
vou improvisar

Já cansei de dizer
tenho mesmo é que esquecer
aprender a perder
me deixar viver

Já cansei de querer
de estar aqui sem poder
e não posso me defender
mas não tenho pra onde correr

Já cansei de pedir
pra você não vir
não tenho pra onde ir
nem consigo fugir

Sonhos




Dizem que sonhar faz parte da vida
que se você rezar com força
o sonho vira realidade
mesmo que pareça impossível

Se for pra sonhar um caminho
sonhe sozinho...
sonhar junto é perigoso
pode ser doloroso...

Sonhar junto com o outro
se torna algo destrutivo
se os caminhos se perdem
os sonhos morrem

Se os sonhos morrem
você morre
é um risco que todos correm
um risco de ficar sem rumo

Ver seus sonhos realizados
através de outros olhos
é estranho
e o caminho parece mais difícil

Sonhos quando morrem
levam a gente junto
por um lugar sombrio
até sumir na fumaça


quinta-feira, 5 de julho de 2012

Amar é...


Amar é...
transformar o cinza em cores
andar de mãos dadas e pés descalços
lambuzar o nariz de sorvete

Amar é...
sorrir quando chega
chorar quando vai embora
abraçar quando chega a hora

Amar é...
sonhar acordado
ouvir música errando a letra
caminhar ao lado

Amar é...
suportar tudo
fazer bico
bater o pé

Amar é...
dormir abraçado
velar o sono
beijar demorado

Amar é...
roubar um sorriso inesperado
conversar bobagens
rir de piadas sem graça

Amar é...
fazer sorrir quando dói
continuar sorrindo
fazendo poesia

Amar é...
viver esperando
mesmo quando tudo diz que não
depois que tudo cai por terra

Amar é...
estar onde não podia
sentir que não tem mais saída
presa por vontade

Amar é...
mesmo não sendo amado
continuar amando
quando foi dito pra esquecer


Caminhos contraditórios



Te conto segredos da minha alma
com um sorriso no rosto
tentando chamar a sua atenção
em vão...

Seu pensamento vai ao longe
em outro corpo
em outro alguém
viajando pra outro lugar...

Te abraço pra sentir seu cheiro
mas não tenho resposta
viro pro lado
rezando baixinho...

Quero um beijo demorado
como os de antes
seu cabelo embolado
me sentir do seu lado...

Quase quero
porque te espero
mesmo sem querer
mesmo sem poder...




segunda-feira, 2 de julho de 2012

Vem aqui


Vem aqui...fica perto
sente meu corpo reagir
passeia nas minhas curvas
mata essa vontade

Vem aqui...te espero
cansei de controlar
cansei de esperar
cansei de sonhar

Vem aqui...te quero
mergulhar nesse desejo
me perder na imensidão do seu olhar
mesmo que não me veja mais nele
deixa eu me encontrar em você

Vem aqui...me abraça
quero sentir as batidas do seu coração
quero me sentir sua
quero esquecer que nossos caminhos se perderam
quero viver o agora
quero ficar aqui sem medo
só você e eu

Fica aqui???