quinta-feira, 5 de julho de 2012

Amar é...


Amar é...
transformar o cinza em cores
andar de mãos dadas e pés descalços
lambuzar o nariz de sorvete

Amar é...
sorrir quando chega
chorar quando vai embora
abraçar quando chega a hora

Amar é...
sonhar acordado
ouvir música errando a letra
caminhar ao lado

Amar é...
suportar tudo
fazer bico
bater o pé

Amar é...
dormir abraçado
velar o sono
beijar demorado

Amar é...
roubar um sorriso inesperado
conversar bobagens
rir de piadas sem graça

Amar é...
fazer sorrir quando dói
continuar sorrindo
fazendo poesia

Amar é...
viver esperando
mesmo quando tudo diz que não
depois que tudo cai por terra

Amar é...
estar onde não podia
sentir que não tem mais saída
presa por vontade

Amar é...
mesmo não sendo amado
continuar amando
quando foi dito pra esquecer


Nenhum comentário:

Postar um comentário