quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Assim...




Está tudo tão vazio
eu olho as coisas e não vejo nada...

Está tudo tão sem gosto
eu como um doce e ainda sinto o amargo...

Está tudo tão sem graça
eu mudo de canal e não rio das piadas....

Está tudo tão parado
eu corro e não consigo fugir...

Está tudo tão dormente
eu me belisco e não consigo sentir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário