sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Sem cor



Acordei e não te senti em mim 
deve ter sido uma impressão 
ou talvez o destino tenha razão

Senti um vazio enorme
como uma bomba caindo 
dentro do meu coração...

Se eu fechar os olhos
eu posso ver a direção
o sua razão deu um grito... 

Eu escutei aqui dentro
e eu acho que entendi
não pode ser verdade...

Esperei tanto
joguei tantos beijos no vento
tantos pensamentos no vazio...

Cinza é a cor do meu mundo hoje
vermelha é a cor do meu sofrimento
e branca é a cor do meu dia sem você...


Um comentário:

  1. Olá, sou editora do blog: www.cadernouniversaldepoesia.com.br, eu estou abrindo um espaço no meu blog para novos poetas, está a fim de participar?

    ResponderExcluir