terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Confusão



E então nessa eterna indecisão
o amor me diz pra deixar de amar...

Mil mensagens de carinho e atenção
e uma de desprezo volta...

Beijos roubados e retribuídos
no escuro onde ninguém vê...

Perco as forças, o chão e o juízo
mas eu insisto e não desisto...

Tudo isso é da boca pra fora
essa confusão faz parte do seu mundo

Aqui é de verdade e é intenso
é verdadeiro e é respeitável...

Tenho o seu trunfo nas mãos
seu jogo está perdido...

O amor tem que dar o braço a torcer
Porque deixar de amar o amor...

Isso nunca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário