sexta-feira, 9 de maio de 2014

Madrugada








Tudo anda tão estranho
sinto coisas sem sentido

Tudo anda tão vazio
dou valor a um sentimento

Tudo anda tão confuso
que me perco em insônias

Tudo anda tão ridículo
fico sonhando com o que partiu

Tudo anda tão perdido
que já não tem sentido em achar

Tudo anda tão sem cor
e já perdi o dom de pintar

Tudo anda tão silencioso
e tudo que eu queria ouvir era você

Nenhum comentário:

Postar um comentário